Educação

MÁFIA DAS MERENDAS

Tucano Fernando Capez, o deputado da máfia das merendas, é denunciado em São Paulo

Dois anos após a Operação Alba Branca e do absurdo caso da Máfia das Merendas vir à tona, o tucano Fernando Capez é denunciado.

terça-feira 16 de janeiro| Edição do dia

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Gianpaolo Smanio, apresentou nesta segunda (15) denúncia contra o deputado estadual Fernando Capez (PSDB), sob acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso conhecido como "máfia da merenda".

Nesta segunda-feira, o ex presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo e deputado estadual pelo PSDB, Fernando Capez foi finalmente denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso escandaloso da Máfia da merenda.

A denúncia foi feita pelo procurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Gianpaolo Smanio, após dois anos da chamada Operação Alba Branca, que tornou público o desvio de mais de um milhão de reais da secretaria de educação de São Paulo, que tirou o dinheiro da merenda para pagar despesas da campanha de 2014 dos tucanos.

Foram denunciadas também outras oito pessoas: quatro homens ligados à Coaf (Cooperativa Orgânica Agrícola, que vendia produtos superfaturados às escolas estaduais e repassava o excedente do valor contratual aos políticos, pagando propina aos tucanos envolvidos, dois ex-assessores do gabinete de Fernando Capez e dois integrantes da Secretaria de Educação, entre eles Fernando Padula.

O procurador-geral que fez a denúncia, pediu também a suspensão imediata do mandato de Capez e das suas funções como procurador de Justiça. Já Capez, aguarda decisão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça para saber se aceitarão a denúncia e ele se tornará réu, já que tem foro especial.

O Esquerda Diário trouxe uma série de textos que denunciava Capez, Alckmin e outros políticos e empresários que se beneficiavam desse escandaloso caso de corrupção enquanto precarizavam ainda mais as escolas públicas.

O PSDB paulista está envolvido em uma série de escândalos de corrupção, recebendo a blindagem absoluta por parte do Supremo Tribunal Federal. Alckmin tem seu pupilo enlameado na máfia da merenda, que desvia verbas destinado à alimentação de crianças da rede pública; junto a Serra, está envolvido no propinoduto tucano e a fraude de licitações no metrô de São Paulo.

Professoras como Maíra Machado de Santo André e Marcella Campos de São Paulo, também escreveram suas opiniões e denunciaram os políticos envolvidos, enquanto exigiam respeito às crianças e às escolas públicas.

Estudantes e professores se mobilizaram na época dos escândalos, junto às torcidas organizadas, enfrentaram a repressão policial dos tucanos e foram parte fundamental para que não se colocasse "panos quentes" em mais esse caso de corrupção envolvendo o PSDB e seus políticos.




Tópicos relacionados

PSDB   /    Educação   /    Política

Comentários

Comentar