Internacional

VENEZUELA

Trump quer que Temer barre a entrada de venezuelanos no Brasil

Na próxima segunda feira (18) o presidente dos EUA, Donald Trump, terá um jantar com Michel Temer para discutir ações contra o país.

quinta-feira 14 de setembro| Edição do dia

Mesmo reconhecendo que o Brasil tem tomado medidas contra a Vanezuela, como sua atuação na suspenção do Mercosul ou a não aceitação das decisões tomadas na Assembleia Constituinte convocada por Maduro, Trump pretende se apoiar no governo golpista brasileiro para ter mais influencia região, possibilitando maiores intervenções no conflito venezuelano.

Uma das expectativas de Trump é que o Brasil limite as fronteiras para entrada de Venezuelanos assim como fez o Panamá.

É preciso ver que os movimentos de Trump busca aliados na América Latina para se posicionar e poder defender seus interesses imperialistas contra o povo Venezuelano.

Por isso, mesmo sabendo que Maduro também é um inimigo dos trabalhadores venezuelanos que só vem favorecendo os “generais empresários” para se manter no poder, é preciso ver que quando há qualquer ameaça de ingerência imperialista é necessário defender a autonomia dos trabalhadores e do povo venezuelano para definir seus conflitos nacionais.

Veja mais artigos sobre a situação na Venezuela:

Quase 20 anos de chavismo: a Venezuela tão ou ainda mais dependente do imperialismo

Caracazo, a revolta popular que abriu uma nova etapa na luta de classes na Venezuela

A União Europeia imperialista busca seguir os passos de Trump na Venezuela




Tópicos relacionados

Imperialismo   /    Donald Trump   /    Michel Temer   /    Internacional

Comentários

Comentar