Internacional

ATAQUE RACISTA NOS EUA

Trump é obrigado a homenagear vítimas de ataque racista

Assassinatos ocorreram na sexta, 26, e causaram comoção. Dois homens morreram degolados e um terceiro segue hospitalizado após defenderem duas adolescentes de um supremacista branco, em um trem em Portland, Oregon, nos EUA.

segunda-feira 29 de maio| Edição do dia

As jovens, uma negra e a outra vestindo "hijab", de origem islâmica, foram insultadas por Jeremy Joseph Christian. Três homens as defenderam e foram esfaqueados.

Segundo relato publicado em vídeo pela jovem Destinee Magnum, de 16 anos, ela se sua amiga estavam no trem e Jeremy começou a ofende-las com comentários de teor racista e islamofóbico e a gritar que elas deveriam voltar para a Arábia Saudita. Os três homens intervieram em defesa das adolescentes e foram atacados pelo racista.

Ricky John Best, de 53 anos, trabalhava na Prefeitura e era veterano do Exército. Taliesin Myrddin Namkai-Meche, de 23, era estudante. Ambos foram mortos a facadas por Jeremy, enquanto que um terceiro homem, Micah David-Cole Fletcher, de 21, sobreviveu apesar de ter sido esfaqueado no pescoço.

A tragédia gerou comoção, e foram organizadas campanhas para ajudar as famílias das vítimas, impulsionadas principalmente por comunidades mulçumanas.

No domingo, o Prefeito de Portland, Ted Wheeler, e o senador de Oregon, Jeff Merkley, ambos democratas, se pronunciaram homenageando as vítimas, aclamados como heróis. O Presidente Donald Trump, notoriamente racista, islamofóbico e misógino, cuja campanha eleitoral alimentou e incitou ideologias​ intolerantes, passou a ser pressionado pela opinião pública a se pronunciar. Somente na tarde de segunda, 29, o chefe de estado publicou declaração em que condena os ataques e enaltece as vítimas.

Trump é responsável por tragédias como essa pois se elegeu defendendo o racismo e a intolerância, e sua ideologia somente serve para justificar violências deste tipo.




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Racismo EUA   /    Internacional

Comentários

Comentar