Internacional

TRUMP DEFENDE RACISTAS MAIS UMA VEZ

Trump diz que retirada de monumentos a líderes racistas é “destruir a história e cultura”

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou o crescimento do movimento de retirada de monumentos de heróis Confederados que defenderam a escravidão e declarou que o país está vendo "a história e a cultura serem destruídas".

quinta-feira 17 de agosto| Edição do dia

Os comentários de Trump, no Twitter nesta quinta-feira, ocorrem após os protestos de grupos supremacistas brancos em Charlottesville, no último final de semana, que se manifestaram contra a retirada da estátua do general Robert E. Lee na cidade. O general comandou o exército da Virgínia na Guerra Civil dos EUA, e buscava a independência para impedir a abolição da escravidão.

Os confederados foram o exército que defendeu até as últimas consequências a escravidão nos EUA e pegaram em armas para lutar pelo direito de tratar o povo negro como sua propriedade. Diversas cidades americanas vêm retirando estátuas que homenageiam militares confederados por terem defendido o regime escravocrata.

Segundo Trump "não se pode mudar a História, mas você pode aprender com ela. A beleza que vêm sendo retirada de nossas cidades e parques será imensamente sentida e nunca será possível substituí-la", escreveu.

Para Trump, a "beleza" de homenagear líderes escravocratas se complementa com suas declarações de que os que enfrentaram os racistas nas ruas, como Heather Heyer, que morreu atropelada durante os protestos, são "violentos".

Leia também: Trump tenta desmentir suas declarações em que iguala supremacistas e antirracistas




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Racismo EUA   /    Racismo   /    Internacional

Comentários

Comentar