Sociedade

LUTA PELA DEMARCAÇÃO

Tribo Guarani ocupa Parque do Jaraguá e resiste na luta pela demarcação da reserva

quarta-feira 13 de setembro| Edição do dia

O espaço destinado aos indígenas no parque estadual Jaraguá, em São Paulo, foi reduzido pelo Governo Federal porque é um dos previstos pelo atual governo de São Paulo para ser concedido à iniciativa privada, com Temer mandando cancelar a demarcação da terra indígena dos Guaranis. Os Guaranis, que já protestaram também na Avenida Paulista em agosto deste ano e seguem em luta pela demarcação, ocuparam a entrada do Parque do Jaraguá por volta das 7h desta quarta-feira (13), empunhando faixas contra as mudanças propostas.

Neste mês de agosto, o Ministério da Justiça teria anulado a portaria de nº 581 firmada em 2015, que garantia mais de 500 hectares de terra aos indígenas da tribo Guarani, alegando que esta primeira avaliação teria sido um erro, que os limites teriam sido ultrapassados e que a área indígena do Jaraguá foi demarcada sem a participação do Estado.

O que todo esse discurso tenta esconder é que o Parque do Jaraguá está entre as áreas públicas que o Governo de São Paulo, sob a gestão dos tucanos Geraldo Alckmin estadualmente e João Dória como prefeito municipal pretendem conceder à iniciativa privada. O processo está de acordo com a decisão aprovada em Assembleia de concessão dos parques por 30 anos para a "exploração dos serviços", "uso de áreas inerentes ao ecoturismo" e a "exploração comercial madeireira ou de subprodutos florestais" (termos da Lei nº 16.260).

Todo apoio e solidariedade à luta e resistência das tribos do Estado de São Paulo! Sabemos que a demarcação afeta diretamente os interesses dos capitalistas, e a crise que eles mesmos criaram não pode ser paga com as terras indígenas nem com o sofrimento das trabalhadoras e trabalhadores do país!




Tópicos relacionados

Demarcação Já!   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar