Educação

RIO GRANDE DO SUL

Trancaço na zona leste reúne dezenas de educadores com grande apoio da comunidade

segunda-feira 18 de setembro| Edição do dia

Hoje pela manhã dezenas de educadores estaduais em greve e servidores da saúde reuniram-se no viaduto da Igreja São Jorge no bairro Partenon em Porto Alegre para fazer um trancaço, chamando atenção da comunidade para a grave situação que se encontra os educadores e a educação pública no RS.

O ato que estava marcado para as 10h30 durou até ao meio dia. Entoando palavras de ordem como "educador na rua Sartori a culpa é sua" e "tem dinheiro para banqueiro e para empresário só não tem para pagar nosso salário" os educares estaduais das escolas da zona leste trancaram a avenida Bento Gonçalves e a grande maioria dos carros e ônibus que passavam no local buzinavam em apoio à luta dos trabalhadores em educação.

Na mesma manhã os professores e funcionários da escola Paulo da Gama no mesmo bairro fizeram nova reunião, onde se decidiu manter a greve na escola. Após a assembleia os professores do somaram-se ao ato.

Precisamos que a direção central do Cpers e o comando de greve construam urgente um grande ato estadual massivo dos servidores, chamando os demais sindicatos, estudantes com uma ampla e forte campanha de propaganda contra o governo Sartori, tudo isso ligado à construção desse ato, para demonstrar a força da nossa greve e com isso chegar em toda a população do RS, pois a luta dos trabalhadores em educação do RS é a luta de todos os trabalhadores.

Vejam mais fotos:




Tópicos relacionados

cpers   /    Sartori   /    Greve Professores RS   /    Porto Alegre   /    Educação

Comentários

Comentar