Mundo Operário

GREVE NA SAÚDE

Trabalhadores terceirizados dos hospitais de Guarulhos entram em greve pelo pagamento dos salários atrasados

Trabalhadores tercerizados do hospital da Criança e no Hospital Municipal de Urgências de Guarulhos (HMU), na Grande São Paulo, entraram em greve pelo pagamento dos seus salários atrasados.

terça-feira 14 de agosto| Edição do dia

Os trabalhadores resolveram entrar em greve por não aceitarem mais os seguidos atrasos e as mentiras patronais, tanto da empresa quanto da prefeitura, que contratou a empresa terceirizada.

O instituto Gerir, que é responsável pelo pagamento dos funcionários do hospital, não vem efetuando o pagamento dos funcionários terceirizados. Essa crise se arrasta a mais de um ano e cai sobre as costas dos trabalhadores mais precários que são os trabalhadores terceirizados.

O hospital esta fazendo apenas atendimento de emergências, pacientes estão voltando para suas casas, pois as instalações clinicas hospitalar estão impossibilitas para uso.

Segundo a prefeitura, as verbas para os hospitais foram repassadas para o instituto Gerir, mas no maior jogo de empurra típico dos capitalistas, o instituto afirma que as verbas são insuficientes para a manutenção e pagamento do salário dos terceirizados. Assim, o problema persiste e os trabalhadores tomam uma ação.

O Esquerda Diário continuará acompanhando o desenlace desta importante luta em Guarulhos e se dispõe abrir o espaço e publicar relatos e denúncias dos trabalhadores em greve na saúde da cidade. Por tanto, se você trabalha no setor ou conhece alguém que esteja participando da luta, nos envie depoimentos para ajudarmos a divulgar a greve e os absurdos dos ataques patronais. Garantimos seu anonimato.

Contato por e-mail: esquerdadiario@gmail.com




Tópicos relacionados

Guarulhos   /    efetivação terceirizados sem concurso   /    Greve   /    Saúde   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar