Educação

PORTO ALEGRE

Trabalhadores protestam contra pacotão de ataques de Marchezan em Porto Alegre

Centenas de trabalhadores municipários e do estado realizaram grande manifestação nesta terça-feira em frente à prefeitura de Porto Alegre. O ato é uma resposta ao pacotão de ataques proposto pelo prefeito Marchezan na última semana.

terça-feira 1º de agosto| Edição do dia

Na semana passada, o prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Jr. (PSDB) anunciou diversos ataques contra a população e especialmente contra o serviço público de Porto Alegre. Entre as medidas está a extinção da segunda passagem integrada, o fim dos cobradores em alguns horários, para depois extinguir o cargo em geral.

Marchezan também vem destruindo a educação pública do município. Desde o início do ano os professores vem combatendo as medidas da prefeitura, que também na semana passada acabou com o EJA na rede municipal e ainda extinguiu as turmas noturnas de um cursinho popular dedicado a alunos de baixa renda.

Por tudo isso os trabalhadores do serviço público ocuparam o paço municipal em grande ato na tarde desta terça-feira, com apoio dos professores do CPERS, que fizeram assembleia no início da tarde e partiram para a prefeitura, e também com grande apoio da população que circulava no centro da cidade. As medidas de Marchezan só podem ser barradas com a luta unificada de todos os setores prejudicados por estes ataques.




Tópicos relacionados

Marchezan   /    Sartori   /    Porto Alegre   /    Educação   /    Política

Comentários

Comentar