Política

CORRUPÇÃO

Trabalhadores pagaram a conta da corrupção na Odebrecht com 100 mil demissões em 3 anos

Desde que a Operação Lava Jato foi deflagrada em 2014, a Odebrecht demitiu quase 100 mil trabalhadores. Isso significa que quem mais sofreu com a lama de corrupção na qual se afundou a empreiteira foram os trabalhadores da empresa.

segunda-feira 31 de julho| Edição do dia

A empresa é investigada em diversos esquemas de corrupção, que envolvem compra de políticos para conseguir obras públicas. Depois de décadas lucrando com dinheiro público, os mais de R$ 8 bilhões em multas que a empresa foi condenada a pagar são uma pífia parte do que ganhou com todos os esquemas.

O presidente da empresa, Luciano Guidolin, nega que a decadência da empresa tenha relação somente com as investigações da Operação Lava Jato, embora a relação seja bastante evidente. De 2014 até agora as receitas da empresa diminuíram cerca de 13%, embora ainda sejam de absurdos R$ 90 bilhões.

O império construído pela família Odebrecht com décadas de corrupção e de relações promíscuas com o Estado está em decadência mas seu executivo ainda é otimista na tentativa de recolocar a empreiteira no mercado. Entre os trabalhadores que foram demitidos, entretanto, não há otimismo. A aprovação da terceirização irrestrita e da reforma trabalhista reserva um futuro de mais trabalho precário e rebaixamento salarial no Brasil.




Tópicos relacionados

Odebrecht   /    Operação Lava Jato   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar