Juventude

VOZ ANTICAPITALISTA

Trabalhadores e juventude Faísca fazem campanha na Zona Oeste de São Paulo

segunda-feira 5 de setembro| Edição do dia

O comitê de campanha da Zona Oeste formado por grupo de trabalhadores da USP e da região e Juventude Faísca, junto com as companheiras Vilma, Rose, Mary e Silvana trabalhadoras e moradoras de uma das comunidades do Jaguaré e Rio Pequeno levaram as ideias anti-capitalistas da Diana Assunção para trabalhadores e moradores destas regiões.

O material de campanha da Diana Assunção foi muito bem aceito pelos trabalhadores e moradores nas regiões que foram panfletadas, o que mostra que estes setores sentem a necessidade de questionar e fazer algo contra os privilégios dos políticos. Uma das principais bandeiras que esta campanha está levando é que todo político ganhe um salário igual a uma professora. Isto mostra também que existe espaço para uma alternativa dos trabalhadores que se enfrente contra os golpistas, mas que seja independente do petismo.

Estas ideias foram muito bem recebidas pelas trabalhadoras mulheres, trabalhadores negros, terceirizados da USP e da região da Zona Oeste de São Paulo. A Diana Assunção esteve apoiando ativamente as lutas dos trabalhadores terceirizados da região, assim como as lutas por uma moradia de qualidade, denunciando a situação precária da saúde publica e se colocando sempre em defesa da educação pública. Neste sentido é preciso uma candidatura que ajude impulsionar estas lutas na qual Diana já vem se colocando linha de frente.

O que podemos perceber é que a Juventude está bastante desgastada com os partidos como o PT, PSDB, PMDB e outros. Isso abre espaço para construção de uma voz anticapitalista para enfrentar a crise política e econômica que o país está vivendo.




Tópicos relacionados

Diana Assunção #UmaVozAnticapitalista   /    Eleições 2016   /    USP   /    São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar