Sociedade

GREVE DOS CORREIOS

Trabalhadores de Campinas denunciam retiradas de direitos. Veja fala de trabalhadora dos Correios

Trabalhadores dos Correios e de outras categorias realizam ato neste 7 de setembro na cidade de Campinas. O ato foi realizado contra a retirada de direitos, a privatização dos Correios, a reforma administrativa e as ameaças de despejo da Ocupação Mandela, entre outros ataques.

segunda-feira 7 de setembro| Edição do dia

Neste 7 de setembro, data em que acontecem os atos do "Grito dos excluídos" em várias cidades do país, trabalhadores dos Correios, professores e outras categorias foram até o centro da cidade de Campinas/SP denunciar ataques como a privatização dos Correios, a reforma administrativa que ataca professores e trabalhadores da saúde e não os verdadeiros privilegiados, as ameaças ao despejo à Ocupação Mandela, entre outros.

Após a tentativa fracassada da Guarda Municipal da cidade de impedir o ato, os trabalhadores conseguiram continuar o ato pelas ruas da cidade.

A trabalhadora Natália Mantovan denunciou a manipulação midiática mentirosa de que os trabalhadores dos Correios seriam privilegiados. Justificou que essa mentira para privatizar a empresa visa beneficiar os verdadeiros privilegiados que são militares, juízes, políticos e empresários. Se solidarizou também com professores e outros setores do funcionalismo agora atacados com a reforma administrativa sobre o mesmo pretexto mentiroso de que seriam privilegiados. Defendeu como saída a organização em unidade e desde a base entre todos trabalhadores: efetivos ou terceirizados, com direitos ou precarizados.

Veja aqui a intervenção de Natália Mantovan:




Tópicos relacionados

Greve dos correios   /    Correios   /    Sociedade   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar