Mundo Operário

Trabalhadores da USP buscam calouros para defender o HU e reitoria os reprime

Reitoria impediu trabalhadores e estudantes calouros de panfletarem em defesa do Hospital Universitário da USP.

terça-feira 18 de fevereiro| Edição do dia

O Conselho de diretores de base (CDB) do Sintusp está construindo uma campanha em defesa do HU coletando assinatura com 5 pontos emergenciais para reabrir o atendimento à comunidade USP, trabalhadores terceirizados e a população da Zona Oeste.

Veja aqui os 5 pontos para defender o Hospital Universitário

Na sua última reunião o CDB decidiu entregar uma carta aos estudantes ingressantes e seus familiares durante a matrícula. A recepção de ambos foi muito boa com estudantes interessados em saber sobre o HU.

A reitoria que vem avançando contra o direito de mobilização dos trabalhadores, mandou seguranças retirarem os trabalhadores durante esta panfletagem escoltando-os para longe da fila da matrícula. Um completo absurdo!

É preciso fortalecer a unidade entre estudantes e trabalhadores pra defender a educação e a saúde públicas. Amanhã será outro dia de matrícula é fundamental mais trabalhadores estarem junto na panfletagem.

Carta dos trabalhadores




Tópicos relacionados

Hospital Univeristário da USP   /    Trabalhadores   /    Luta contra ajustes na USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar