Mundo Operário

METALÚRGICOS

Trabalhadores da Mercedes-Benz de Iracemápolis entram em greve

sexta-feira 18 de agosto| Edição do dia

Em torno de 500 trabalhadores estão em greve na fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis, interior de São Paulo. A greve é de 100% da produção, em uma planta que tem capacidade para produção de 20 mil veículos por ano. A unidade de Iracemápolis tem capacidade para produzir 20 mil veículos por ano e produz os modelos Classe C e a SUV GLA da Mercedes-Benz.

As reivindicações da categoria, segundo José Carlos Pinto de Oliveira, diretor do sindicato, são relacionadas ao pagamento de Participação de Lucros e Resultados (PLR) e elaboração de um plano de cargos e salários, além de reajuste salarial de 9,2% e revisão do piso, entre outros itens. Ele disse que a empresa ainda não se posicionou sobre as solicitações.

Cada dia um novo ataque é colocado a classe trabalhadora, que vê sua vida piorando. Que cada greve e manifestação local, extravase o campo econômico e se transforme em uma luta unificada contra as reformas do governo golpista de Temer.

Foto: Funcionários na inauguração da planta de Iracemápolis, que produz o Classe C e o utilitário GLA (Foto: Laila Braghero/Arquivo




Tópicos relacionados

Metalúrgicos   /    Demissões na Mercedes   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar