Sociedade

RETORNO DO FUTEBOL

Torcidas se unem em manifestação contra Bolsonaro e retorno antecipado do Futebol

Torcidas organizadas antifascistas de Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco da Gama fizeram manifestação em frente ao Maracanã onde ocorrerá a partida Flamengo x Bangu.

sexta-feira 19 de junho| Edição do dia

O Maracanã que completa 70 anos essa semana vive um momento conturbado de sua história. A diretoria do Flamengo atropela sua própria torcida e a situação de calamidade que se encontra o Rio de Janeiro e o país por conta do coronavírus para realizar uma partida que não será nem mesmo televisionada.

Por isso, torcedores de Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco da Gama se uniram para se opor ao retorno antecipado aos gramados e contra Bolsonaro e Mourão.

O irrelevante jogo entre Flamengo x Bangu marca a volta do futebol no país que atingiu a marca dos 47 mil mortos. A diretoria do clube rubro-negro, que já protagonizou o terrível episódio com as mortes no Ninho do Urubu, novamente vira as costas pra vida para abraçar o lucro incondicionalmente.

Por causa da pandemia do coronavírus, Botafogo e Fluminense entraram com uma ação também nesta quinta-feira para não jogarem na segunda-feira, como determinado pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) na segunda-feira no reinício da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Ambos queriam adiar os jogos dos dias 22 e 25 de junho para 1º e 4 de julho.

Leia Mais: Mortos de Covid são suficientes para lotar o Engenhão mas Crivella reinicia Campeonato Carioca hoje

Informações da Agencia Estado




Tópicos relacionados

Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Futebol   /    Sociedade

Comentários

Comentar