Sociedade

TORCIDAS ORGANIZADAS

Torcida organizada Independente questiona: Cadê a Merenda?

Antes do jogo São Paulo x Trujillanos da Venezuela ocorrido ontem começar, a torcida organizada Independente realizou um protesto em frente ao Estádio do Morumbi que teve as seguintes palavras de ordem: "Capez se orienta, roubou dinheiro das crianças e da merenda’’ e também "Cadê a Merenda?". Depois da torcida organizada do Corinthians Gaviões da Fiel e também a torcida organizada Santista protestarem contra a merenda, a Independente resolve aderir à luta contra os ladrões de merenda.

quinta-feira 7 de abril de 2016| Edição do dia

Além de protestar contra a corrupção da merenda, os torcedores do São Paulo também reivindicaram o término da estação de metrô perto do Morumbi. Vale a pena lembrar que além de estar envolvido com o esquema da corrupção das merendas, o governo do PSDB do Estado de São Paulo também está envolvido no trensalão.

Apesar do bloqueio da grande mídia, as torcidas organizadas têm cumprido o papel fundamental de trazer o debate sobre a corrupção tucana em torno da merenda escolar para dentro dos estádios de futebol. Junto com os protestos realizados pelos estudantes secundaristas, as manifestações das torcidas organizadas dos principais times do Estado de São Paulo têm cumprido o papel importante que já fez o ex-presidente da ALESP Leonel Junior e mais seis investigados serem presos.

Este bloqueio da mídia permite que a polícia militar do Estado de São Paulo reprima cotidianamente os protestos da Gaviões da Fiel realizados em dias de jogo do Corinthians com o argumento ilegal e absurdo de que não pode ter protestos políticos no estádio. O que pode para a polícia militar é que os corruptos roubem as merendas de crianças e jovens.

Assim como está fazendo a Gaviões da FIEL, a torcida Independente também questionou quem são aqueles que estão atrás para proibir a entrada das organizadas nos estádios de futebol com o argumento de que são "bandidos’’. De acordo com os próprios torcedores, estes deputados federais que são contra as torcidas organizadas são bandidos de "colarinho branco’’ por estarem envolvidos no principal esquema de corrupção que atinge o Estado de São Paulo. Os "ladrões de merenda" estão longe de querer acabar com os casos de violência que ocorrem nos estádios, pois eles apenas querem aumentar o preço dos ingressos para dar lucro para meia dúzia de mafiosos que controlam o futebol e também elitizar os estádios.

Estes protestos das torcidas organizadas contra a corrupção das merendas mostra que a educação é uma demanda muito sensível para a classe trabalhadora, pois os mesmos deverão se levantar contra a precariedade da educação pública. Também mostra que a crise política que atinge o país não se restringe a apenas um partido como fazem acreditar a mídia burguesa e o judiciário, mas sim é um problema deste regime político.




Tópicos relacionados

Máfia das Merendas   /    Futebol   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar