Educação

ASSEMBLEIA DE PROFESSORES

Todas e todos à Assembleia dia 26

Maíra Machado

ABC paulista

terça-feira 23 de agosto| Edição do dia

Nessa sexta-feira, nós, professores do estado, faremos uma importante assembleia contra o governo Alckmin, que há 26 meses não nos paga o reajuste salarial obrigatório e segue fazendo silenciosamente a chamada "reorganização", que nossos alunos conseguiram barrar inicialmente com as ocupações, sendo exemplo de luta pela educação.

Alckmin segue sendo um "fora da lei". No ano passado, cortou o salário dos grevistas e não concedeu o reajuste previsto por lei. Neste ano ele segue na mesma linha, e até agora nada de aumento para nós professores, cujos salários são baixíssimos, e, com o aumento da inflação então, passa a ser de miséria, enquanto as condições de trabalho só pioram. Sem esquecer do reacionário projeto de lei, Escola sem Partido, que quer calar professores e alunos.

Queremos chamar a todos os professores que acompanham a minha candidatura para juntos lutarmos por melhores salários e condições de trabalho para a categoria. Superando a paralisia do nosso sindicato, a Apeoesp, dirigido pelo PT e PCdoB, que até agora não mobilizou nada e nenhuma luta real.

Somos parte de uma mesma categoria, atacada conscientemente por todos os governos, pois sabem da força que podemos ter contra eles, seus privilégios e salários altíssimos. É preciso a unidade de todos os professores, para, com um punho só, golpear os inimigos da educação pública.

Estaremos lá, às 14h, na Praça da República, em frente a Secretaria de Educação!!!




Comentários

Comentar