Sociedade

PANDEMIA

"Tim Maia da Paulista" morre de Covid-19 em São Paulo

Assim como a grande maioria dos artistas de rua, Jonathan Neves não pode fazer uma quarentena digna para se resguardar. Voltou às ruas no final do ano passado e faleceu ontem (01/03) vítima de uma parada cardiorrespiratória em decorrência da Covid-19.

quarta-feira 3 de março| Edição do dia

O artista de rua Jonathan Neves, mais conhecido como "Tim Maia da Paulista", morreu na última segunda-feira (1), vítima de Covid-19, em São Paulo.

Ele estava internado desde sexta-feira (26) e teve uma parada cardiorrespiratória às 18h30 desta segunda.

De acordo com sua página no Instagram, Jonathan parou de cantar na Paulista no início da pandemia, e retomou os shows em novembro do mesmo ano.

"Infelizmente, nosso guerreiro precisava pagar suas contas, ele tirava o sustento da música, por isso retomou em plena pandemia de Covid-19, tomando todos os cuidados, mas infelizmente, o nosso guerreiro foi internado para tratar desta doença".

Como a grande maioria dos artistas de rua, Jonathan precisava garantir seu sustento e foi obrigado a voltar às ruas para trabalhar. Jonathan sempre atraía centenas de espectadores ao cantar sucessos de Tim Maia em vários pontos da Avenida Paulista, em São Paulo.

Sem a possibilidade fazer uma quarentena digna, Jonathan foi mais uma vítima da irracionalidade capitalista e de seus governantes.

Amigos e familiares escreveram na página para lembrar o cantor.

"Nosso Tim Maia da Paulista deixará muita saudade, ele deixará várias lições para nós seus familiares, fãs e amigos, que com humildade e perseverança, podemos chegar aonde quisermos".
"Vai com Deus, Jonathan, faça uma boa passagem e dê um abraço no Tim Maia. E eu! Gostava tanto de você".




Tópicos relacionados

Pandemia   /    Coronavírus   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)   /    Cultura

Comentários

Comentar