GREVE DE TERCEIRIZADOS

Terceirizados de hospitais do DF fazem greve pelo pagamento de seus salários

terça-feira 14 de novembro| Edição do dia

Imagem do G1

Os trabalhadores terceirizados da limpeza de hospitais do Distrito Federal entraram em greve hoje (14) pelo pagamento de seus salários atrasados a mais de uma semana. De acordo com o sindicato Sindserviços, são em torno de 1,5 mil funcionários sem pagamentos da empresa Ipanema. Os atrasos vem ocorrendo desde o início do ano, e segundo o sindicato houve atraso em janeiro, fevereiro, maio e julho.

Tanto as empresas que prestam serviços quanto a Secretaria do Estado da Saúde não ofereceu nenhuma saída imediata para tal problema, de acordo com a nota do sindicato. Além disso, afirmaram que os funcionários que reivindicavam greve por conta dos salários atrasados corriqueiramente foram ameaçados de demissão.

A lei da terceirização foi aprovada este ano pelo governo Temer, e cenários como esses serão cada vez mais comuns e massivos. Os trabalhadores tercerizados ganham salários baixíssimos e condições de trabalho bastante precárias, como por exemplo, os terceirizados da Ipanema que aderiram a greve ganham pouco mais de um salário mínimo por mês.




Tópicos relacionados

Greve   /    Saúde

Comentários

Comentar