Mundo Operário

PRECARIZAÇÃO

Terceirizadas da UFRGS realizam paralisação pelo pagamento do 13º

Na manha desta quarta (21), trabalhadoras e trabalhadores terceirizados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul paralisam as atividades e fazem protesto em frente à reitoria pelo pagamento do 13º salário.

quarta-feira 21 de dezembro de 2016| Edição do dia

A empresa Multiágil, responsável pelos contratos das terceirizadas, já vem aplicando calotes nas trabalhadoras há meses. Atrasos de salários, de vale-refeição, além de toda a precarização do trabalho terceirizado. Agora, as trabalhadoras sofrem mais um ataque: o não pagamento do 13º, que deveria ter ocorrido na última terça (20).

A reitoria da universidade não quer se responsabilizar pelos calotes da empresa que contrata, mas as trabalhadoras e trabalhadores fizeram um protesto em frente ao prédio para cobrar uma posição. Até o momento do fechamento desta matéria nem empresa nem universidade se posicionaram.

As terceirizadas são o setor mais precarizado da universidade. É muito importante que os demais setores cerquem de apoio e solidariedade a luta destas trabalhadoras e trabalhadores.




Tópicos relacionados

UFRGS   /    Trabalho Precário   /    Porto Alegre   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar