Sociedade

TRAGÉDIA CAPITALISTA

Temporais em Santa Catarina: mortes, deslizamentos de terras e desabrigados

sexta-feira 26 de janeiro| Edição do dia

É o janeiro mais chuvoso dos últimos 17 anos em Santa Catarina que em decorrência da má administração e ganância do governo provocou a morte de 3 pessoas e diversos prejuízos, como estradas bloqueadas, deslizamentos de terra e alagamentos, cidades debaixo d ‘água, com os produtores rurais precisando colocar o leite fora por não conseguir chegar na cidade. De acordo com informações do site da Agência Estado, Kits de água potável, limpeza, higiene pessoal e cestas básicas foram distribuídos para as famílias desabrigadas e desalojadas das regiões mais afetadas.

Há 6 anos não era registrado um volume tão grande de chuva como janeiro deste ano, cerca de 500 milímetros. Uma meteorologista aponta que Florianópolis está em uma posição bem particular em relação ao resto do Estado, com o encontro de ventos e chuvas que podem chegar a 70-100 milímetros.

A Defesa Civil também contabilizou danos nos municípios de Coronel Martins, Brusque, Blumenau, Chapecó, Gaspar, Presidente Nereu, Leoberto Leal, Xaxim, Galvão, Rio do Sul, Joinville, Itapema, Salete. As duas maiores cidades do Estado, Joinville, no Norte, e Blumenau, no Vale do Itajaí, sofrem com alagamentos e deslizamentos de terra, além da capital.

Enchentes no sul do país no verão, em estados como Santa Catarina e Rio grande do Sul, costumam ser frequentes, embora as cheias dos rios da região entre Brasil, Uruguai e Argentina, também castigaram o litoral argentino nos últimos dias na maior inundação em 30 anos, como denunciamos no La Izquierda Diario da Argentina) em 2015.

Catástrofes naturais ou tragédias tipicamente capitalistas? Se o interesse dos governos não fosse apenas do lucro rápido dos empresários e sim melhores condições de vida da população, essa situação de calamidade frente às chuvas que ano a ano inevitavelmente chegam seriam facilmente evitáveis e ninguém mais precisaria pagar com sua vida em decorrência da má gestão dos governos.




Tópicos relacionados

Santa Catarina   /    Sociedade

Comentários

Comentar