Política

CRISE

Temer se nega a responder perguntas da PF, depois de ter certeza que TSE o absolvirá

sexta-feira 9 de junho| Edição do dia

O presidente Michel Temer disse não à Polícia Federal. Em petição entregue nesta sexta-feira, 9, ao ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o peemedebista ataca em 12 páginas as 82 perguntas que lhe foram dirigidas pela PF nos autos do inquérito da Operação Patmos, que o põe sob suspeita de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa no caso JBS.

Pode te interessar: Conheça as 82 pergunta que Temer terá de responder

As 82 perguntas indicam a ofensiva que o MPF e a PF armam contra Temer. Temer, por outro lado, encorajado com a eminente decisão do TSE parece indicar que procura enfrentar essas instituições. A votação do TSE parece indicar não a solução da crise, mas o contrário sua intensificação.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar