Política

GOVERNO GOLPISTA

Temer recua e mantém presidente da EBC

Na manhã dessa sexta-feira (02), o presidente da EBC foi exonerado de seu cargo pela segunda vez no ano. Na primeira vez sua exoneração foi revogada pelo STF, agora, o próprio governo golpista voltou atrás na decisão.

sexta-feira 2 de setembro| Edição do dia

A Empresa Brasileira de Comunicação administra diversos canais de rádio de TV públicos pelo país, e tem relativa independência do governo pois é uma empresa pública não estatal. Seria de interesse de Temer colocar alguém de confiança na presidência. No caso seria Laerte Rimoli, ex-chefe de comunicação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Na manhã de hoje, o presidente em exercício Rodrigo Maia, (DEM-RJ), publicou a exoneração de Ricardo Melo do cargo de presidente da EBC, como publicamos aqui.Para evitar que o STF revertesse a decisão, na parte da tarde recuou e anulou o decreto. Cada mandato de presidência da EBC deve durar quatro anos, que não podem coincidir com o mandato da Presidência da república, e da última vez que Temer exonerou Melo do cargo, em maio, foi essa a base utilizada pelo STF para mantê-lo no cargo.

Esses avanços e recuos bem como a ofensiva de repressão contra as manifestações em todo o país, demonstram que o governo golpista tem seu inicio marcado por dificuldades. Decide, recua. Criticam, reprime. Um governo não eleito, que se prepara para enfrentar ainda mais desgaste no próximo período, pois assumiu o posto com a tarefa de aplicar "medidas impopulares" e atacar direitos.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar