Política

CORRUPÇÃO NO GOVERNO

Temer nomeia para ministro do Turismo Deputado Federal do PMDB réu no STF

O governo publicou hoje (5) no Diário Oficial a nomeação do novo ministro do Turismo, Marx Beltrão (PMDB-AL). O ministro é réu no STF e afilhado político do presidente do Senado, Renan Calheiros.

quarta-feira 5 de outubro| Edição do dia

A nomeação de Beltrão, que é deputado federal, é um forma do governo golpista agradar a Renan Calheiros e a bancada do PMDB na Câmara dos Deputados.

Beltrão é réu no Supremo Tribunal Federal por falsidade ideológica desde a época que foi prefeito de Coruripe (AL), entre 2005 e 2012. Pela denúncia do Ministério Público, Beltrão teria fraudado informações sobre a dívida do município com a Previdência para impedir o bloquei de verbas da União.

Mesmo com as denúncias contra o novo ministro, o governo Temer bancou seu nome para assumir o cargo. Mais uma prova do envolvimento de figuras ligadas ao governo golpista com a corrução. Porém, ao que parece, o caso de Beltrão a investigação não faz parte da Operação Lava Jato e nem do interesse do judiciário seletivo que age como árbitro na arena política, poupando políticos da direita e golpistas.

O posto de ministro do Turismo vinha sendo exercido interinamente por Alberto Alves desde a saída de Henrique Eduardo Alves em março. O ex-ministro pediu para sair do governo depois de ser apontado por um dos delatores da Lava Jato, ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, como recebedor de 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar