Sociedade

GOVERNO TEMER

Temer nomeia militar genocida de indígenas para ser diretor da Funai

O general Franklimberg Ribeiro de Freitas foi nomeado por Temer para ocupar a Diretoria de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável (DPDS) da Fundação Nacional do Índio (Funai) contra distintos movimentos indígenas.

quinta-feira 12 de janeiro de 2017| Edição do dia

O governo nomeou nesta quinta-feira, 12, o general da reserva Franklimberg Ribeiro de Freitas para ocupar a Diretoria de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável (DPDS) da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Conhecido de Marco Feliciano e parte do mesmo partido golpista, o PSC, já havia sido cogitado por Temer em 2016, barrado por manifestações indígenas. Para associações com a Apib, Franklimberg ele é lembrado por ter levado garimpeiros às terras Yanomami e outros genocídios praticados sistematicamente pelo exército, polícia e a mando dos fazendeiros, perdendo o direito às suas terras. O novo Diretor responsável por defender o desenvolvimento sustentável comandou como general a 1ª Brigada de Infantaria de Selva em Roraima e foi chefe do Centro de Operações do Comando Militar da Amazônia.

A demarcação das terras indígenas há anos não consegue ser garantida e a consequência disso é o genocídio indígena que ocorre no Brasil. Os planos de Temer para a saúde, educação e nossas condições de trabalho se assemelham aos que tem para os povo a indígenas: cada vez menos direitos, repressão caso




Tópicos relacionados

Indígenas   /    Sociedade

Comentários

Comentar