Política

ÚLTIMO MOMENTO

Temer nomeou Moraes ao STF: impunidade para os tucanos e repressão para juventude

Diana Assunção

São Paulo | @dianaassuncaoED

segunda-feira 6 de fevereiro de 2017| Edição do dia

Michel Temer irá nomear o tucano Alexandre de Moraes, atual ministro da Justiça, para assumir a cadeira de Teori Zavascki, morto em acidente aéreo considerado suspeito pela maioria da população segundo pesquisa. Essa informação da iminente nomeação já está anunciada em toda grande imprensa. O tucano Moraes já atuou como advogado de cooperativa acusada de lavagem de dinheiro para o PCC e é inimigo declarado de qualquer política de fim de “guerra as drogas”. Fazendo carreira como quem gostava de colocar a assassina Rota na rua e como repressor de todos movimentos de luta da juventude, como as lutas de junho de 2013 e dos secundaristas que ocupavam escolas contra o fechamento de escolas pelo tucano Alckmin.

O papel de Moraes na justiça de São Paulo sempre foi de ajudar a arquivar todo tipo de inquérito contra tucanos daquele estado. Ano passado mostrou que tem acesso a informações da Lava Jato e declarou alvos de ações antes de seu acontecimento. Sua nomeação, se confirmada pelo Senado com ampla maioria que apoia Temer significará um expressivo fortalecimento de ministros no STF que atuam em prol da impunidade de Aécio, Alckmin, Serra e porque não de políticos de outros partidos, como Renan Calheiros sempre aconselhado por Gilmar Mendes, outro ministro de clara relação com o tucanato.

Moraes estava cotado para assumir esse cargo ou a ser o candidato de Alckmin a sua sucessão como governador. Como ministro do STF além de atuar junto a Gilmar Mendes pela impunidade significará o avanço de posições reacionárias relativas aos direitos dos trabalhadores, às lutas da juventude e de continuidade de uma política de repressão aos negros e pobres presos acusados de porte de drogas e que na maioria das vezes sequer julgados são.

A nomeação de Moraes mostra a clara mais podre das relações políticas entre os poderes do país. Do mesmo modo como Moraes mostra suas credenciais repressivas e tucanas, outros ministros exibem suas decisões arbitrárias conforme o jogo político e alvo dos julgamentos. Não confiamos que será das mãos do STF que se combaterá a corrupção e por isso lutamos para que todos casos de corrupção sejam julgados por júri popular.




Tópicos relacionados

PSDB   /    Michel Temer   /    Política

Comentários

Comentar