Sociedade

PRIVATIZAÇÃO

Temer leiloa as hidrelétricas de MG: avança o projeto de privatização da Cemig

quarta-feira 27 de setembro| Edição do dia

Viemos, desde o último mês de agosto, denunciando fortemente os ataques do governo golpista de Michel Temer que, por alegar não ser capaz de arcar com os custos de R$ 11 bi destinados às hidrelétricas até então sob controle da Companhia Energética de Minas Gerais (mesmo gastando milhões na compra de deputados e senadores) decidiu dar início a um plano calcado na privatização e terceirização.

O primeiro passo deste plano se deu nesta quarta-feira (27), onde as usinas hidrelétricas mineiras foram colocadas em um leilão que encerrou logo pela manhã. Uma das maiores usinas hidrelétricas do país, e a maior entre as colocadas à venda pelos golpistas, foi a usina de São Simão, conquistada pela companhia chinesa SPIC por cerca de R$ 7 bi. As usinas de Jaguara e de Miranda foram conquistadas pelo grupo francês Engie, enquanto a usina de Volta Grande ficou com os italianos da Enel.

Esta abertura para a privatização das usinas hidrelétricas torna muito mais agudo o processo de precarização do trabalho aos custos da manutenção do lucro dos empresários e grandes capitalistas do país e do mundo. Que isso tudo ocorra tendo a Cemig como principal alvo não é de forma alguma inocente, visto que os grandes patrões por trás de seus projetos já foram condenados a indenizarem mais de 170 casos de trabalhadores expostos a condições de trabalho análogas à escravidão.

Agora, mais do que nunca, precisamos nos mobilizar contra a privatização das hidrelétricas de São Simão, Jaguara, Miranda e Volta Grande, contra o projeto de terceirização e precarização a favor do interesse dos empresários. É preciso exigir a efetivação imediata de cada um destes trabalhadores terceirizados e a garantia de seus direitos e melhores condições, além da re-estatização total da Cemig: que seja 100% pública, sob o controle dos trabalhadores e trabalhadoras!




Tópicos relacionados

Privatização   /    Sociedade   /    Belo Horizonte

Comentários

Comentar