Mundo Operário

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Temer irá procurar presidente eleito para adiantar corrosão da Previdência

Na Assembleia Geral da ONU, o presidente golpista Michel Temer, prometeu que procurará o próximo presidente eleito a aprovar a Reforma da Previdência ainda no seu governo.

segunda-feira 24 de setembro| Edição do dia

“Passadas as eleições, buscarei fazer a reforma da Previdência. O deficit previdenciário é elevado demais. Não podemos legar a nossos filhos e netos, 1 sistema de Previdência sob ameaça nem 1 Orçamento que seja quase todo tomado por gastos previdenciários”, disse.

As intenções nefastas de Temer é terminar seu governo mais odiado da história do país com o que considera "um grande feito": detonar as chances de um trabalhador ter acesso a uma aposentadoria minimamente digna e obrigar que trabalhem até o fim da vida.

Assim os conjuntos ataques do seu governo, busca destinar ainda mais recursos para a sangria de recursos públicos que é a dívida pública. Seu governo só não gastou mais que os governos petistas pagando esse verdadeiro saque nacional, mecanismo que os maiores bancos do mundo usam para impor sua agenda "fiscal", louvada tanto por Bolsonaro quanto por Haddad e Ciro Gomes nessas eleições. Nenhum desses se dispõe a quebrar com essa subserviência, mas deixam claro sua "responsabilidade" em gerar ainda mais recursos para ela, inclusive com propostas próprias de reforma da previdência.

Por isso, Temer se dispôs a sentar com o vencedor da contenda de outubro para retomar esse ataque ainda no seu governo, com a corja de corruptos do Congresso já sem a pressão de perderem votos por votarem a favor desse massacre de direitos. Sabem que a população rechaça veementemente essa agenda do golpismo, em especial quando tocam na sua pálida aposentadoria.

Bolsonaro é quem está mais adiantado em procurar o golpista Temer, com Mourão e Paulo Guedes sentando com agentes de seu governo para debater o tema. Porém, Haddad já está sinalizando aos mercados toda a sua responsabilidade fiscal, compartilhando elogios a proposta de reforma da previdência de Temer.




Tópicos relacionados

Ciro Gomes   /    Eleições 2018   /    Bolsonaro   /    Reforma da Previdência   /    Haddad   /    Governo Temer   /    Alckmin   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar