Política

Petróleo e privatização

Temer e diretoria da Petrobras criam cenário para vender nosso petróleo

Jones Adriano Gaio

Professor da rede estadual do RS

sexta-feira 25 de maio| Edição do dia

O presidente da Petrobras, Pedro Parente (PSDB), afirmou que para mudar a politica de preços da companhia, o governo teria que mudar a sua diretoria. As ações da Petrobras despencaram mais de 10% na bolsa de valores. Isso levou a uma perda de 47 bilhões no valor de mercado da empresa.

Segundo Parente, o governo não influenciou na decisão de congelar o preço do diesel, pois a decisão foi tomada pela diretoria da empresa “pensando no melhor interesse da empresa”.

A política do governo Temer e da diretoria da Petrobras é somente um: privatizar e colocar as refinarias e a exploração do petróleo brasileiro nas mãos das empresas de combustível norte-americanas.

A desvalorização da empresa no mercado financeiro cumpre esse propósito, pois os investidores estrangeiros podem adquirir as instalações com baixo valor de mercado. O objetivo central do governo golpista e do diretor da Petrobras, Pedro Parente, é entregar a Petrobras ao imperialismo.




Tópicos relacionados

Imperialismo   /    Privatização da Petrobras   /    Greve caminhoneiros   /    Política

Comentários

Comentar