Política

DERROTA PARA TEMER

Temer é derrotado e relatório da reforma trabalhista é rejeitado em comissão do Senado

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) rejeitou o relatório da reforma trabalhista nesta terça-feira, 20, o que expressa uma derrota para Temer e a falta de apoio ao seu governo.

terça-feira 20 de junho| Edição do dia

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Com um placar apertado, 10 senadores votaram pela rejeição do projeto e nove parlamentares votaram pela aprovação do relatório produzido por Ricardo Ferraço (PSDB-ES). 

Mesmo com a derrota na Comissão, o projeto segue normalmente para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). 

O placar surpreendeu golpistas e a própria oposição, que comemorou muito. O clima que se sente agora é de que essa derrota do governo fortalece ainda mais os trabalhadores, que sentem cada vez mais que é possível derrubar as reformas.

Senadores da base aliada ao governo golpista trabalhavam com a expectativa de que o texto pudesse ser aprovado por placar de 11 a 8 ou com vantagem de 12 a 8, conforme o quórum da votação.

A derrota sofrida por Temer faz ainda mais urgente a necessidade dos trabalhadores e a juventude tomarem a greve geral do dia 30 nas suas mãos para derrubar todas as reformas e o governo golpista.

Com informações da Agência Estado.

Saiba mais sobre a campanha para tomar a greve geral nas nossas mãos, impulsionada pelo Esquerda Diário junto ao MRT.




Tópicos relacionados

Reforma Trabalhista   /    Política

Comentários

Comentar