Política

ELEIÇÕES 2018

Temer e Doria se reunem para discutir eleições 2018

sexta-feira 9 de fevereiro| Edição do dia

Nas negociações para decidir as coalizações partidárias para as eleições de 2018, Temer (PMDB) e Doria (PSDB) se encontraram ontem (08/02) na capital paulista.

João Doria é um dos pré-candidatos cotados para entrar no lugar de Geraldo Alckmin na candidatura para o governo do estado. O atual prefeito de São Paulo busca conformar alianças para possíveis candidaturas, dar continuidade e fortalecer a política de ataque aos direitos da população que é marca do PMDB e PSDB.

Porém, pelo o que parece as negociações ainda não acabaram. Paulo Skaf, empresário membro do PMDB e presidente da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) – grande apoiadora do golpe e das reformas de Temer –, quer manter sua candidatura ao governo do estado. Skaf já disputou as eleições em 2010 e 2014 pelo PMDB e em 2014 ficou em segundo lugar na disputa.

Na visita à São Paulo, Temer também se reuniu com Skaf. Segundo o jornal O Valor, nessa reunião Temer reiterou o apoio à pré-candidatura de Skaf ao governo, e que qualquer coalização com o PSDB deve passar pelo apoio à sua candidatura.

Enquanto defendem e articulam ataques sobre os trabalhadores - como a reforma da previdência - do alto de seus privilégios, os políticos golpistas defensores dos interesses dos ricos se articulam pelo poder, os trabalhadores é que pagam o pato. É necessário colocar de pé uma grande greve geral pelo direito do povo decidir em quem votar, e pela derrota da reforma da previdência, combatendo os políticos burgueses.




Tópicos relacionados

Eleições 2018   /    João Doria   /    Michel Temer   /    Política

Comentários

Comentar