Sociedade

CORRUPÇÃO

Temer e Coronel Lima aparecem em áudio envolvidos em possível esquema de corrupção

A Polícia Federal, tentando ser imparcial e dar um suposto "combate a corrupção", anexou áudios ao inquérito junto ao STF com diálogo entre o Coronel Lima e funcionário da Odebrecht envolvendo um possível esquema de propina, tudo ligado à Temer.

segunda-feira 10 de setembro| Edição do dia

Como continuidade do inquérito que apontou esquema de propina envolvendo o golpista Temer e a Odebrecht, a Polífica Federal (PF) anexou quatro áudios de conversas entre o Coronel Lima e um funcionário da empresa responsável por repasses de dinheiro. O Coronel já é conhecido por ser amigo de Temer e estar envolvido em casos de repasse de propina, abandono de obras públicas, desvio de verbas..

O ocorrido teria sido em 2014, onde a Odebrecht teria repassado R$10 milhões ao PMDB em jantar com Temer, tendo o Coronel Lima como o intermediador do repasse. Além de Temer, outras lideranças do peemedebistas estariam envolvidas no caso.

Com supostos códigos, o Coronel conversa com o funcionário dizendo coisas do tipo "as atas, elas não foram iguais às atas anteriores, né? Ficou um pouco abaixou" ou "Tem alguma previsão pra mais alguma coisa?". Os áudios fazem parte da delação premiada de Novis e foram publicados pelo O Globo neste link.

A investigação tomada pela PF em conjunto com o STF é mais uma tentavida dessas instituições mostrarem "imparcialidade". Entretanto, esse mesmo Coronel já foi preso, ficou poucos dias e foi solto. Esse mesmo STF que nega o direito do povo votar em quem decidir, mantendo Lula preso e fora das eleições. Ou mesmo outros políticos investigados, como Aécio Neves e o próprio Temer, que seguem impunes e respondendo em liberdade.




Tópicos relacionados

Corrupção no Exército   /    Exército   /    golpe   /    Golpe institucional   /    Governo Temer   /    Michel Temer   /    PMDB   /    Sociedade   /    Corrupção

Comentários

Comentar