Política

URGENTE

Temer flagrado comprando silêncio de Cunha

quarta-feira 17 de maio| Edição do dia

O jornal O Globo acaba de divulgar que os donos da JBS, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram no STF e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato. Foram lá confirmar a informação da mais explosiva delação: Temer teria comprado o silêncio de Cunha. E teriam áudios disso.

Segundo as informações do jornal carioca, Temer teria indicado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver diligências com a J&F, controladora da JBS. O deputado foi filmado recebendo R$ 500mil enviados pelo presidente da JBS. O empresário teria ouvido de Temer que esse dinheiro era uma mesada para Cunha. E que Temer ainda teria insistido "tem que manter isso, viu?".

O dono da empresa contou ter continuado a entregar propinas devidas a Cunha mesmo após a prisão do ex-presidente da Câmara. Na delação que também atinge o PT, Guido Mantega é acusado de ser o operador das propinas com aquele partido.

A delação da JBS também fere mortalmente Aécio que teria sido gravado pedindo dois milhões ao mesmo empresário. A PF filmou essa ação e comprovou que o dinheiro foi parar na conta do senador tucano mineiro Zezé Perrella.

Segundo O Globo a delação já teria sido homologada, em velocidade relâmpago por Fachin e até o valor de multas já estariam estipuladas.

Os donos da JBS escancaram uma imensa crise política no mesmo dia que Temer comemorava estar com maioria para suas reformas.

Desenvolveremos a notícia, análises e opinões em breve.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar