Política

CRISE

Temer corta dez reais do aumento do salário mínimo, para comprar deputados não poupou 1 centavo

R$969 é o valor do salário mínimo divulgado pela equipe econômica do governo golpista de Temer para o ano 2018. R$10 menos que a previsão atual de R$979. Hoje o valor do salário mínimo é de R$937.

Juan Dias

RIO DE JANEIRO

quinta-feira 17 de agosto| Edição do dia

O ministro de planejamento justifica a redução prevista do salário mínimo com base na queda da inflação esperada para 2018 de 4,5% a 4,2%. O salário mínimo é calculado em base ao INPC e o PIB de 2 anos atrás. O valor real do salário mínimo só será conhecido finalmente em janeiro de 2018 com o resultado fechado da inflação de 2017.

Os golpistas do governo afirmam que se for mantida a inflação irão economizar R$ 3 bilhões em gastos em 2018, mas não poupam recursos para comprar deputados para salvar o pescoço do Temer ou para aumentar os salários dos políticos e juízes que já contam com inúmeros privilégios e altos salários.

A crise econômica, política e social no Brasil se aprofunda com previsões de aumento do déficit fiscal para mais de R$159 bilhões. Mas as medidas de ajuste e precarização só afetam aos trabalhadores e setores populares, mantendo altos os lucros dos empresários e os privilégios de políticos corruptos e juízes garantidos.




Tópicos relacionados

Que os capitalistas paguem pela crise!   /    Governo Temer   /    Michel Temer   /    crise econômica   /    Política

Comentários

Comentar