CENSURA

Temer censura Tuiuti, Vampirão entra na avenida sem faixa presidencial

Segundo integrantes da escola a ordem foi dada pela Presidência da República

domingo 18 de fevereiro| Edição do dia

Integrantes da escola informaram que a Presidência da República deu ordens extraoficiais para que a faixa presidencial não fizesse parte da fantasia do Vampirão Neoliberalista, personagem que fez clara alusão a Michel Temer no desfile da escola Paraíso da Tuiuti. Também há notícias que através da LIESA, entidade das escolas de samba, teria sido impedida a entrada de todos integrantes da ala que denunciava a reforma trabalhista.

O desfile da escola, vice campeã este ano, teve repercussão internacional e emudeceu os comentaristas da rede globo , gerando impacto imediato nas redes sociais.

Quem interpretou o personagem na avenida foi Leonardo Moraes, professor de história e ator. Ele afirma que qualquer um que entende de história sabe o que está acontecendo hoje no brasil é preocupante.

Terminado o desfile de ontem, da apresentação, Leonardo (o "vampirão") foi orientado a se descaracterizar imediatamente, tirando maquiagem e adereços ainda na dispersão. Segundo fontes da escola, foi cogitada a possibilidade de que o professor nem desfilasse. Apenas duas horas antes da apresentação foi decidido que ele entraria na avenida sem a faixa presidencial.

Eis um dos primeiros desdobramentos da intervenção federal no RJ, que claramente cumpre o papel de continuar o golpe e tentar amedrontar manifestações que se oponha a Temer e aos golpistas. Calar e censurar o carnaval, que é tradicionalmente uma forte expressão da cultura popular é calar também a voz do povo. Abaixo à censura!

Nas arquibancadas, protestos contra a Globo, que apoia a intervenção federal e o golpe, e que através de sua costumeira manipulação midiática, dá total suporte a esta medida de avanço autoritário dando superpoderes a um general que estará acima da lei no Rio de Janeiro.

Que o canto da Tuiuti ecoe para além da avenida ! Que cada trabalhador e trabalhadora , jovem, artista , estudante lute contra todo tipo de censura e repressão. Tomemos as ruas amanhã nos protestos contra a reforma da previdência exigindo das centrais sindicais uma greve geral contra a reforma da previdência, contra a intervenção federal e pela retirada das tropas do Rio de Janeiro e pelo direito do povo votar em quem quiser.

“Não sou escravo de nenhum senhor
Meu Paraíso é meu bastião
Meu Tuiuti o quilombo da favela
É sentinela da libertação”




Tópicos relacionados

Intervenção Federal   /    Carnaval 2018   /    Censura   /    Governo Temer

Comentários

Comentar