Gênero e sexualidade

#FORÇADIANA

Souto Maior, juiz e professor da USP, se solidariza com Diana Assunção

Diana assunção vem recebendo ataques e ameaças na sua página do facebook por denunciar Doria e sua política higienista que quer deixar a cidade cinza. Souto Maior, juiz e professor da USP deixou sua solidariedade.

quarta-feira 25 de janeiro de 2017| Edição do dia

Jorge Luiz Souto Maior é professor de direito na USP e juiz do trabalho, reconhecido pela luta contra a terceirização e em defesa dos direitos dos trabalhadores, Souto Maior deixou sua mensagem de solidariedade para Diana Assunção, editora do Esquerda Diário e ex-candidata a vereadora pelo PSOL em São Paulo, que está tendo sua página atacada por ter denunciado a destruição que Doria está promovendo contra a arte urbana em São Paulo.

Veja a mensagem de solidariedade de Souto Maior:

“Quando a gente pensa que já viu de tudo, a coisa ainda piora!!!
Seria desanimador se não fosse, bem ao contrário, a renovação da certeza de que se deve resistir aos retrocessos pretendidos por gente que sequer tem amor próprio. Gente que odeia a humanidade, a inteligência, o conhecimento, a tolerância, a solidariedade e a dignidade!
Obrigado Diana por transmitir essa força e essa certeza pra todos nós!
Com você não estamos sós!!!”

Diana recebeu muitas ofensas machistas e ameaças reacionárias vindas de defensores da política higienista de Doria, mas também de seguidores de Bolsonaro, robôs e gente paga para disseminar o ódio na internet, mas também vem recebendo muito apoio de militantes do movimento de mulheres, artistas, intelectuais e dezenas de pessoas que compartilham do repúdio aos ataques de Doria contra a liberdade de manifestação da juventude e suas políticas asquerosas contra os moradores de rua e toda população pobre trabalhadora.

Diana já declarou ao Esquerda Diário que esses ataques não a intimidam e que as centenas de mensagem de apoio mostram que a luta contra toda forma de opressão e repressão é mais forte quando nos organizamos para combatê-la. Se você também repudia esses ataques de ódio e a cidade cinza e privatizada que Doria quer impor, acompanhe e compartilhe pelo Esquerda Diário.




Tópicos relacionados

#FORÇADIANA   /    João Doria   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar