Sociedade

PRIVILÉGIOS

Sobrinho de Bolsonaro é presenteado com cargo de assessor de senador do DEM

Conhecido como “Leo Índio”, sobrinho do atual Presidente, foi nomeado a assessor parlamentar do senador Chico Rodrigues (DEM-RR).

quinta-feira 25 de abril| Edição do dia

Da esquerda para direita, Leo Índio e Chico Rodrigues (DEM-RR) / Foto: Divulgação/Jean Copetti

Leonardo Rodrigues, primo muito próximo de Carlos Bolsonaro (PSL), diz ter aceito um convite do senador devido a convergência de ideias, assumindo assim o cargo de assessor parlamentar, do qual receberá R$ 14.802,41.

Mesmo nunca tendo participado de eleições ou assumido qualquer cargo político, Leo Índio vinha transitando cada vez mais pelo Planalto, sem anúncio ou registro, onde, segundo o jornal O Estado de São Paulo, só nos primeiros 45 dias de governo esteve 58 vezes.

Ainda, segundo reportagem do Estado de São Paulo, o mais novo assessor já teria participado até então de inúmeras reuniões internas e agendas externas do presidente, inclusive de uma reunião reservada somente pelas autoridades que estão envolvidas na Reforma da Previdência.

Desta forma, Leonardo Rodrigues se soma a mais um apadrinhado da família Bolsonaro, dos quais são desde familiares até amiga da Igreja da atual Primeira-Dama, que assume um cargo de confiança no governo, presenteados com cargos que ganham milhares de reais e possuem todos os privilégios do alto escalão do Estado, custos pago pelos trabalhadores brasileiros.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Política

Comentários

Comentar