Internacional

AQUECIMENTO GLOBAL

Sobe para 24 o número de mortos em incêndios na Austrália

Desde setembro, uma onda de incêndios atingiu o sudeste da Austrália, onde as temperaturas subiram em um grau no século passado. Milhões de animais foram dizimados.

segunda-feira 6 de janeiro| Edição do dia

As autoridades australianas divulgaram neste domingo, 5, que subiu para 24 o número de mortos pelos incêndios que atingem o país. No sudeste australiano, o céu ficou escuro e houve chuva com cinzas. "Não podemos fingir que isso é algo que vivemos antes. Não é", disse Gladys Berejiklian, primeira-ministra do Estado de Nova Gales do Sul, o mais afetado do país. Mais de 100 mil pessoas já foram evacuadas.

A meteorologista da Sky News, Alison Osborne, descreveu os incêndios com: "imprevisíveis, incontroláveis e em movimento rápido". Rajadas de vento, poeira, fumaça e até mesmo trovoadas não contribuem para a melhora do cenário.

Além do problema para os humanos, esta é uma perda irreparável da biodiversidade. Os coalas são uma das espécies mais ameaçadas, em que se calcula que ao menos dois mil já foram mortos neste episódio.

Leia Mais: Austrália em chamas: mortos, desaparecidos, milhares de desabrigados e milhões de animais dizimados

As informações são da Agencia Estado




Tópicos relacionados

Incêndios na Austrália   /    aquecimento global   /    mudanças climáticas   /    Meio Ambiente   /    Internacional

Comentários

Comentar