Política

ELEIÇÕES 2018

Skaf declara apoio a Bolsonaro no segundo turno

Candidato ao governo de São Paulo, o presidente da Fiesp, patrocinadora dos protestos do impeachment, declara apoio ao candidato ultra reacionário Bolsonaro.

quinta-feira 4 de outubro| Edição do dia

Mais uma peça do regime declara apoio ao candidato Jair Bolsonaro. O candidato do MDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, disse que “seria bom pro Brasil” se Bolsonaro ganhasse.

"Creio que para o Brasil seria bom (vitória de Bolsonaro no primeiro turno). Definiria uma situação que, em um segundo turno, correria o risco de qualquer outro resultado. Seria um risco o PT ganhar. O PT já teve oportunidade e nós já vimos o resultado. Então, creio que o Brasil está precisando é de um governo diferente, com seriedade absoluta, sem corrupção de nenhum tipo, e que realmente pense no Brasil"

Se trata de uma hipocrisia absoluta, pois seu partido MDB é um dos maiores envolvidos em escândalos de corrupção no país. O próprio Skaf já foi acusado de receber propina e de praticar caixa dois. Com isso, Skaf segue sua agenda reacionária após o apoio o impeachment e as contra reformas do governo Temer. Se trata de mais uma manobra do regime para apoio ao ultra reacionário, como demonstramos nesse artigo.

Imagem: Blog da Kayta




Tópicos relacionados

Paulo Skaf   /    FIESP   /    Eleições 2018   /    Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar