Mundo Operário

USP

Sintusp chama ato para denunciar a situação dos trabalhadores do Hospital da USP

O Sintusp, Sindicato dos Trabalhadores da USP, convocou uma ação para o dia 23 de abril, próxima quinta-feira, para denunciar a situação dos trabalhadores do Hospital Universitário da USP. Falta de EPIs adequados e racionamento de máscaras, aumento do número de contaminados sem que se libere imediatamente os trabalhadores efetivos e terceirizados que fazem parte do grupo de risco, ausência de testagem massiva no hospital de trabalhadores e pacientes e a não contratação até o momento de profissionais da saúde em caráter emergencial para que o hospital funcione em plena capacidade são as queixas dos trabalhadores.

sábado 18 de abril| Edição do dia

A inabilidade da reitoria em lidar com a questão, expondo os funcionários não apenas a se contaminarem, mas terem seu quadro de saúde agravados – já são mais de 10 casos confirmados, 30 suspeitos e duas funcionárias internadas por causa da covid-19 – e ameaças de transferências compulsórias para não contratar têm aumentado a revolta dos trabalhadores da USP. Reproduzimos abaixo o boletim especial do Sintusp sobre a situação e o chamado à ação.

A versão em PDF pode ser lida aqui




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Hospital Univeristário da USP   /    SINTUSP   /    USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar