TRANSPORTE

Sindicato dos Metroviários em apoio aos entregadores: Somos todos trabalhadores do transporte

O Sindicato do Metroviários de São Paulo publicou uma declaração de apoio aos trabalhadores de aplicativos de entrega, ressaltando que são trabalhadores dos transportes e devem ter garantidos os mesmos direitos dos metroviários

sexta-feira 12 de junho| Edição do dia

As últimas semanas tem sido marcadas por importantes experiências de organização e manifestação dos trabalhadores de aplicativos de entrega, que estão preparando uma paralisação para o dia 1/7.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo publicou uma declaração de apoio à luta dos entregadores. Conversamos com Francielton Bananeira, diretor do sindicato pela chapa Nossa Classe e membro de sua Secretaria de Negros, que nos disse "A organização dos entregadores é muito importante, porque esses aplicativos estão precarizando muito seu trabalho, as empresas ganham milhões, repassando um valor baixo por entrega para os trabalhadores, que acabam tendo que trabalhar muitas horas, sem alimentação, sem nenhum direito, arcando com todos os custos e todos os riscos, de roubo, de acidente, e quase machucam não têm assistência médica, ficam sem receber. As empresas só ganham, tirando lucros milionários do trabalho dos entregadores, e dizem que não têm responsabilidade porque eles são "empreendedores", e não seus trabalhadores. Claro que são trabalhadores, e trabalhadores dos transportes, como nós, essenciais, como a pandemia deixa claro! Por isso queremos estar junto com eles, lutando pra que conquistem suas reivindicações, e pra que tenham os mesmos direitos que nós, metroviários, e que todos os demais trabalhadores dos transportes!"

Veja abaixo a nota do sindicato




Tópicos relacionados

Rappi   /    Trabalho Precário   /    Movimento Nossa Classe   /    Metrô

Comentários

Comentar