Política

Show de autoritarismo para vetar a candidatura de Lula no TSE

sexta-feira 31 de agosto| Edição do dia

A bancada oligárquica do TSE protagonizou um show de arbitrariedade para cancelar de maneira “express” o registro de Lula, depois de garantir a existência de todas as coligações da direita golpista. Convocaram uma sessão para discutir "veiculação da campanha eleitoral de Lula na TV", e a transformaram em sessão para julgar o registro da candidatura de Lula. Para vetá-la.

Um dia após esta cúpula judicial ter aprovado a nefasta terceirização irrestrita e terem recebido aumento de R$5,5 mil em seus salários já extraordinários, movem as peças para que estas eleições sejam manipuladas pelo golpe institucional.

Não concordamos com a estratégia de conciliação de Lula, e não apoiamos o voto em qualquer candidato do PT. O PT abriu caminho ao golpe institucional quando governou com a direita, assumiu e acobertou métodos de corrupção próprios deste sistema capitalista e atacou os trabalhadores. Entretanto, isso não nos leva a deixar de ver o avanço do autoritarismo judiciário e da direita golpista sobre os últimos vestígios de soberania popular, com seu ódio profundo pelos trabalhadores e a esquerda.




Tópicos relacionados

Prisão de Lula   /    Lula   /    Política

Comentários

Comentar