Mundo Operário

Sem ônibus nem metrô, Brasília amanhece vazia neste 30J

sexta-feira 30 de junho| Edição do dia

O Distrito Federal amanheceu neste dia de paralisação do 30J com estações do metrô fechadas. Os ônibus de pelo menos quatro empresas também permaneceram nas garagens, apesar de uma determinação da Justiça para manter 50% do serviço.

Na BR-020, próximo ao Setor Mestre D’Armas, em Planaltina, manifestantes colocaram fogo em pneus por volta das 6h30.

O trânsito na Esplanada dos Ministérios também foi bloqueado. O Sindicato dos Professores (Sinpro) aderiu à paralisação. Não há previsão de aulas nas escolas públicas da capital.

O Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília informou que os trabalhadores da categoria participam da paralisação. Não há previsão de aula na UnB.

Apesar da vacilação ou traição aberta por parte das centrais sindicais (como a Força Sindical, que inclusive pagou artigos na Folha de S. Paulo para dizer que a "greve geral fora cancelada" dias antes da jornada, para negociar junto com a UGT as reformas com o governo) em várias capitais os trabalhadores se organizaram para paralisar suas unidades.




Tópicos relacionados

#30J   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar