Educação

PROFESSORES

Seguem denúncias sobre perícias médicas do Governo do Estado de São Paulo

terça-feira 24 de janeiro| Edição do dia

No início da semana denunciamos no Esquerda Diário a situação dos professores ingressantes, que foram barrados na perícia médica do Governo de São Paulo. Muitos desses professores já trabalham há anos na rede pública e nunca tiveram nenhum problema de saúde que os impedisse de lecionar. Os gastos com exames são enormes e são centenas de casos em que os médicos da perícia pedem exames complementares caríssimos e que não atestam sobre a capacidade ou possibilidade de trabalhar, além disso os professores têm que pagar do seu bolso o custo dos exames como denunciamos aqui também.

Os relatos são revoltantes e tristes, mostram que o adiamento nas posses não tem nenhuma explicação lógica, a não ser fazer com que os ingressantes esperem até que se resolva o caos promovido pelo governo com o fechamento de centenas de salas de aula. Assim, os ingressantes assumirão em alguns meses as vagas antes ocupadas pelos professores categoria O, que estão também cheios de incertezas sobre seu futuro profissional, já que são menos aulas e turmas.

Vejam alguns relatos feitos por professores ingressantes:

Lucineia Ferreira · Lamentável. Estou na mesma situação
5 anos como O e agora barrada na perícia. Já gastei em torno de 1499 e ainda não sei o que me espera.

Elaine Santos Lopes - Eu tb passei por isso, vou ter que passar por 3 perícias sendo que tenho diabetes e existe uma lei estadual que permite o ingresso de diabéticos. Tive que pegar dinheiro emprestado pra fazer e não é garantido que passarei mesmo assim. To revoltada.

Cris de Carvalho - É triste... eu mesma estou nesta situação e o pior leciono ha 24 anos, nunca tirei licença neste período inteiro em que leciono e, também, no dia da primeira perícia não vi a balança na sala de triagem e quase cai, fiquei nervosa e minha pressão subiu... 14x9 pressão que nos padrões da sociedade é normal, segundo cardiologista que procurei... Fiz todos os meus exames no Hospital do Servidor Público levando a convocação do Diário Oficial, pois não tinha vaga, revoltada fui pessoalmente e consegui... Estou triste, chateada e sem o que dizer de tudo isso. Felizmente sou uma pessoa saudável, não tenho problema algum e o que concluo de tudo isso é que esses peritos da Rua Itapeva são maus preparados, não sabem o que querem, não sabem examinar direito, nem olham pra você e reprovam porque ou não gostam de estar ali tão cedo ou por não gostar de professores. O Governo PSDB do Estado de São Paulo não sabe da realidade das escolas e cobram por exames desnecessários que não capacitam ninguém em sala de aula. O pior, fazem tudo isso com os futuros mestres para depois pagar um misero salário. Vou tomar posse um dia, mas não vou abandonar porque o governo quer... Estudei, passei, esperei a chamada e sei que minha posse chegará...

Marcelo Rodrigues - E eu que fui à perícia dia 06/01, recusaram minha receita de óculos porque estava sem o CRM, retornei dia 09/01 com a receita carimbada, fiquei aguardando publicação de apto e para minha surpresa, saiu publicação me convocando para 21/03 para apresentação de exames complementares, que no meu caso é a receita do óculos.

Andrea Orefice -Estou na mesma situação, exames deram todos normais, mas por estar acima do peso me pediram vários outros exames. Que já fiz e estão todos normais também, não deram alteração. Estou gastando dinheiro que não tenho, vou passar na perícia dia 31/01.E mesmo com os meus exames não terem dado nenhum problema estou com medo.

Paulo Ciconha - Paulo César, há 11 anos na rede como cat. O nunca tirei licença alguma, prático corrida de rua a 4 anos fiz perícia dia 22/12 Meus exames todos ok, dia 13/01 Saiu publicado que devo comparecer no dia 21/ 03 ( Março) para nova perícia com exame complementar que fiquei sabendo pelo email da ouvidoria.

Jennifer Bergamo - Fui encaminhada para perícia complementar (21/02) pq tenho desvio de septo, até então nem sabia q tinha. A médica q fez meu exame R$120,00) disse q isso não interfere nas minhas atividades.

Ana Maria Dias - Bom, estou na rede estadual há 20 anos, e depois de 3 concursos, finalmente fui chamada. Correria para marcar médico, fazer exames e encerrar ano letivo. Muita tensão e pressão, no dia da perícia, tive alterada minha pressão, conclusão 120 dias para nova perícia e exames. ...

Vilma Almeida Leite - Pois é, sai da sala de perícia dia 06/1 super feliz pois era a última coisa que faltava com o parecer favorável "apta"... Era só aguardar a publicação em DO e tomar posse mas no dia 14/01 já angustiada de tanta demora eis que consulto novamente o DO, como todos os dias, qual não foi minha grata surpresa para nova perícia... Pior que isso era ninguém saber o porquê... Insisti e a resposta que me deram foi a seguinte "vc passará por um especialista em pneumologia visto que a Sra apresentou em seu exames quadro de pneumonia", até agora estou pasma visto que jamais tive tal doença... Nem mesmo sintomas ou coisa parecidos... Ou seja, não consigo explicação para tal situação... Sentimento de frustração.

Glaucia Alexandre -Olá, bom dia! Gente que situação horrível isso, eu também estou sem entender, fiz a perícia dia 12/01 o médico disse que estava ok, mas saiu no D.O suspenso por 120 dias para apresentar exames complementares, fui novamente no DPME, me deparei com vários professores na mesma situação, verificaram no sistema e faltava o ECG (obs. apresentei no dia) foi anexado novamente e me informaram para aguardar a publicação, até agora nada... Vários professores anexando os exames que já tinham sido apresentados.

Claudia Do Monte - Eu tenho nódulos no seio que acompanho a mais de 13 anos, através de mamografias e ultrassonografias, levei todos os exames anteriores para evitar o estresse e o perito nem olhou, me encaminhou direto para uma nova perícia com uma ginecologista. Também estou com minha posse suspensa e um gasto de mais de $500,00 com exames. Estou me sentindo muito desanimada.

Ecio Ricci - Eu fui barrado na perícia. Interessante que quando eu estava atuando como OFA a mesma perícia indeferiu uma licença médica por fratura no braço e agora me rejeita pela mesma fratura

Érika Nunes - É bastante interessante o que estou lendo aqui, pois antes de eu passar pela perícia, fiz um Check-up aos quais os meus exames não tiveram nenhuma alteração, é a médica disse que a minha saúde esta perfeita. Mas para a minha surpresa, saiu a minha suspensão de 120 dias no DO. Quando entrei em contato com o local onde passei por perícia, não souberam informar o porque da suspensão. Mandei email para o Departamento de Perícias, e as respostas são inconclusivas, algo como um padrão de respostas para todos os e-mails que recebem. A resposta que recebi é que após passar por perícia uma junta médica, ela avalia os exames e se julgar necessário marca uma outra perícia. A minha dúvida é se não há alterações em meus exames, o porque de uma nova perícia, porque não informam quais exames complementares, que tenho que realizar, ou caso precise passar por um especialista, qual é esse especialista. Qual a dificuldade de realizar um processo com transparência e mais clareza nas informações. É necessário deixar que todos passem por essa aflição e angústia. Será que não merecemos mais respeito.

Jordana Cardoso - Estou na mesma situação só porque uso óculo. Detalhe eu tenho menos de 1 grau de miopia em cada um dos olhos e a perita solicitou que eu voltasse com exames e declaração do oftalmo de que eu utilizo óculos. Tentei argumentar explicando que nem para tirar carta de habilitação eu utilizo óculos mas ela foi enfática...
Isso não estava sendo solicitado o edital.
Não duvido muito que seja uma "punição" para quem aderiu à greve o ano retrasado...esse é o jeitinho psdb de governar.




Tópicos relacionados

Educação   /    Professores   /    Campinas   /    ABC paulista   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar