Sociedade

VIOLÊNCIA POLICIAL

Segue violência na Maré: mais 4 moradores foram feridos durante ação da polícia

sexta-feira 24 de fevereiro de 2017| Edição do dia

Nesta quinta feira, 23 de março foi realizada uma ação policial no conjunto de favelas da Maré no Rio de Janeiro. Até o momento as informações são de sete pessoas feridas, sendo quatro delas moradores da região. A policia alega que Leandro Campos Tavares teria cortado a tornozeleira eletrônica e estava foragido. A ação tinha como objetivo localiza-lo.

Essa ação policial foi em conjunto com Agentes do Comando de Operações Especiais (BOPE, BAC e GAM). Durante as duas ultimas semanas tem se intensificado ações na favela da Maré com a alegação do combate ao crime, porem não é este o cenário encontrado pelos moradores da Maré que estão vivendo dias de terror e medo, onde os comerciantes não abrem seus comércios, os alunos estão impedidos de ir as aulas e os poucos moradores que encaram a sorte estão sujeitos a serem baleados pelas famosas "balas perdidas” que sempre encontram um corpo negro e pobre para se alojar.

Segundo relato dos moradores este conflito ocorreu por motivações pessoais por parte da corporação da Policia Militar, uma vez que as ações concentraram no bairro Nova Holanda, sem nenhuma justificativa por parte da policia. Além disso, permite que seja criado um cerco sanitário em torno das áreas que será realizada o carnaval, impossibilitando assim que a camada pobre da sociedade se encontre com cerca de um milhão de foliões que visitaram o Rio de Janeiro nos próximos dias.
Não devemos naturalizar a violência policial que rouba a liberdade dos moradores da Maré e trata suas mortes como parte da ação policial, uma “baixa necessária” para alimentar o falso combate ao crime organizado.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    violência policial   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar