Juventude

SANTO ANDRÉ

Secundaristas de Santo André fazem ato contra a PEC 241 e Reforma do Ensino Médio

Nesta quinta-feira (27), alguns estudantes se reuniram em frente à E.E Dr. Américo Brasiliense, no centro de Santo André para protestar contra a PEC 241 e Reforma do Ensino Médio.

quinta-feira 27 de outubro| Edição do dia

Em primeira instância o ato serviria para a unificação de forças e ocupação da escola, que infelizmente não ocorreu. Segundo Pedro Negri, estudante da E.E. Sen. João Galeão Carvalhal que compareceu ao local em apoio, os alunos haviam sido fechados dentro do prédio da escola e a diretora informou que haveriam consequências se houvesse a ocupação de fato.

Mesmo após o fechamento dos portões, duas viaturas da polícia militar continuaram próximas da escola, em clara demonstração da linha PSDBista contra as mobilizações sociais.

Questionada sobre a PEC 241, Jaqueline, estudante da E.E Prof Amaral Wagner, diz ser contra a reforma do ensino médio pois a retirada de matérias fundamentais para o pensamento crítico afeta diretamente todos os estudantes. Sobre as ocupações, Jaqueline acredita que não devem ter início por grupos políticos de fora da escola, mas sim, em concordância de todos os alunos.

O bloco de pouco mais de cinquenta (50) estudantes fez uma pequena assembléia e entrou em acordo de marchar até a estação de trem, seguiram pelas ruas do centro e encerraram em frente ao Américo Brasiliense.

É necessário uma organização por parte dos alunos, promovendo uma assembléia geral e se inspirando nos secundaristas paranaenses para conseguir forças para estas mobilizações e possíveis ocupações na cidade. Ao contrário do que faz a UJS que burocraticamente chama uma mobilização por fora de discutir com a base dos estudantes, querendo promover ações midiáticas que estão na contramão das ondas de ocupações no país.




Tópicos relacionados

Reforma do Ensino Médio   /    PEC 241/55   /    Juventude

Comentários

Comentar