Mundo Operário

GREVE METRÔ DE SP

Secretário de Transportes de SP sugere que trabalhador volte mais tarde para casa

quinta-feira 18 de janeiro| Edição do dia

O secretário municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo, Sergio Avelleda, recomendou que, hoje, os trabalhadores que utilizam o transporte público voltem para casa mais tarde em razão da greve do metrô. “É aconselhável que as pessoas façam esse movimento de volta mais tarde para que o fluxo seja diluído e haja menos transtornos para a população”, disse em uma entrevista à Rádio Eldorado.

E depois ainda complementa “Recomendamos também que as pessoas se desloquem a pé para distâncias curtas ou de bicicleta”

O secretário tenta com essa “sugestão” jogar usuários contra os metroviários que estão em greve hoje não para atrapalhar a vida dos trabalhadores que necessitam do transporte público, mas sim estão na luta contra a privatização do metrô que só dará mais lucro a grandes patrões e oferecerão cada vez menos qualidade no transporte público.

A greve dos metroviários é um direito legítimo. O secretário de transportes deveria sugerir que os trabalhadores fossem dispensados do trabalho e não terem que fazer malabarismos, passarem horas no trânsito e depois ainda chegarem mais tarde em casa apenas para garantir o lucro de seus patrões.




Tópicos relacionados

Greve   /    São Paulo   /    Metrô   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar