Educação

Greve professores de São Paulo

Se afundando em "grama", direção da Apeoesp norte boicota ato de professores

quinta-feira 30 de março| Edição do dia

Enquanto os professores do estado e município em greve da região norte se uniam em um ato que foi um grande exemplo, com mais de 400 pessoas entre pais, alunos, comunidade e professores, a direção majoritária da Apeoesp da região sentava e "chorava" no gramado em "ato" separado.

Os professores estaduais entraram em greve na última terça-feira e mais uma vez a direção majoritária da Apeoesp (PT e PCdoB) nada organizaram nem antes e nem agora, para fortalecer a luta e organizar os professores em suas escolas. Seguem a linha traidora das centrais sindicais, como a CUT e a CTB, de não canalizar toda a demonstração de força dos trabalhadores no 15M para barrar a reforma da previdência e os demais ataques, brincando com o calendário, chamando dias de mobilizações sem nada organizado e um dia de greve geral no país para daqui exatamente um mês, quando a reforma pode já estar consolidada.

O ato desta quinta-feira foi chamado e organizado pelos professores em greve da região, das redes municipais e estaduais, que se unificaram em comando de greve, passando em escolas e chamando os pais, alunos e a comunidade para debater e lutar contra os ataques que atingem a todos. As mais de 400 pessoas, saíram em ato pela região, panfletando, conversando com a população e recebendo um imenso apoio. Um grande exemplo de como podemos nos autorganizar por locais e de trabalho e estudo e dar exemplos, que se amplificados e levados para outras regiões, categorias, cidades e regiões, pode derrotar as reformas e os golpistas, sem trégua, como vem fazendo as direções sindicais.

Enquanto isso a direção da subsede norte da Apeoesp fazia um ato separado, sem apoio dos professores e alunos, com meia dúzia deles mesmos. Dialogando com ninguém e construindo o nada. Um verdadeiro vexame, que mostra o total desprezo que os professores tem desses que usurpam seu sindicato e há anos estão lá encastelados, vivendo na vida mansa às custas das derrotas da categoria.

Na última terça-feira os professores do comando unificado passaram na subsede da Apeoesp e gravaram um vídeo denunciando a absurda paralisia da direção. Recebendo milhares de curtidas e visualizações burocratas saíram raivosos tentando responder a denuncia, dizendo que são eles que dão exemplo de construção da greve e da luta na base das escolas.
Vejam os vídeos dos dois atos e tirem suas próprias conclusões de quem constrói a luta de fato contra a reforma da previdência:

Ato dos professores estaduais e municipais em greve unidos com alunos, pais e comunidade:

Ato da direção da Apeoesp norte (PT e PCdoB):




Tópicos relacionados

Professores São Paulo   /    Greve professores SP   /    Educação

Comentários

Comentar