Sargento bolsonarista diz que vai praticar tiro ao alvo na cabeça de “esquerdopatas” do Acre

O acreano Marcos Pires, sargento aposentado do Exército Brasileiro, usou as redes sociais para ameaçar e destilar seu ódio de extrema direita contra os acreanos que irão participar neste sábado, 23, de um protesto a favor do impeachment do presidente Jair Bolsonaro, nas proximidades da Uninorte, marcado para às 15 horas.

sábado 23 de janeiro| Edição do dia

“Vou praticar tiro ao alvo em movimento na cabeça de esquerdopatas”, escreveu.

A ameaça absurda foi feita em uma publicação na página do ac24horas, que informava o local e a data do protesto, e demonstra o medo que esses agentes bolsonaristas tem dos trabalhadores, da sua organização e luta, única chave para realmente derrotar Bolsonaro, Mourão e todos os golpistas.

Nas redes, Marcos Pires compartilha materiais de apoio ao governo, e demonstra ser um grande fã e apoiador do presidente Jair Bolsonaro.




Tópicos relacionados

Bolsonaro   /    Militares na política   /    Governo Bolsonaro   /    Extrema-direita   /    Impeachment   /    Crise no governo

Comentários

Comentar