Cultura

NOVEMBRO

Sarau das Pretas realiza agenda ‘Pretas em Marcha’ para novembro

Protagonismo feminino é destaque na agenda do coletivo em diversas atividades durante o mês.

segunda-feira 7 de novembro| Edição do dia

Intitulada Pretas em Marcha, a agenda de trabalho do Sarau das Pretas para este mês de novembro chega com diversas atividades que vão desde saraus e marchas até a Balada Literária, em São Paulo (SP).

Por ser itinerante e percorrer desde periferias a espaços bem estruturados, o Sarau das Pretas, que surgiu em março deste ano, neste mês atua em alusão à luta dos quilombolas, a Zumbi, líder do Quilombo de Palmares e a várias mulheres tão importantes quanto ele, porém invisibilizadas pela história, como Tereza de Benguela.

Assim, com uma programação diversa, o coletivo também exaltará as Realezas Negras, as mulheres de ontem, como a escritora moçambicana Noémia de Sousa, bem como as mulheres de hoje, como as jovens mulheres negras que estão se organizando em seus territórios.

“Estas mulheres, de ontem e de hoje, estão mostrando o poder e a potencialidade quando mulheres negras marcham juntas, por isso, estão todos convidados a marchar com o Sarau das Pretas neste novembro”, convida Débora Garcia, poeta do coletivo.

De acordo com ela, as ações que ocorrem ao longo do mês vêm também para evidenciar o protagonismo das mulheres negras nos diferentes espaços e territórios. No caso do coletivo, isso acontece por meio da mistura dos tambores, da ancestralidade e da poesia,

“Trata-se de um mês em que a comunidade negra tem a oportunidade pautar o debate em diversos espaços sociais e ressaltar as reais dimensões do racismo no Brasil, bem como a luta para romper as estilhas da escravidão. Por isso, vamos seguir em marcha, propondo discussões sobre a tão polêmica e controversa ‘consciência negra’, bem como sobre os atuais quilombos”, destaca Débora.

Sobre o Sarau das Pretas

Diante do cenário de empoderamento feminino pela garantia dos direitos das mulheres, jovens escritoras e artistas negras atuantes nas periferias da cidade de São Paulo têm revelado, por meio da literatura, da ancestralidade dos tambores e de seus corpos em movimento, as realidades de viver o feminino e o feminismo. O coletivo idealizado pela poetisa Débora Garcia é formado por Elizandra Souza, Jô Freitas Thayaneddy Alves e Taissol Ziggy.

Confira a agenda completa
09.11 | 9h30 | Festival do Livro e da Literatura de São Miguel
Intervenção artística do Sarau das Pretas na Marcha Mundial das Mulheres pelo Fim da Violência contra as Mulheres
Local: Praça do Forró
Endereço: Av. São Miguel, 9642, Vila Jacuí – São Miguel Paulista/SP
*Duração: 30 minutos *Entrada: gratuita

13.11 | 14h30 | Festival Pé na África*
Local: Centro Cultural Rio Verde – Espaço Coreto
Endereço: Rua Belmiro Braga, 119 – Vila Madalena/SP
*Duração: 60’minutos *Entrada: R$ 30,00

18.11 | 13h30 | A cultura Africana na construção da identidade brasileira – Encontro com as famílias do Cras Jundiapeba
Local: Praça da Juventude
Endereço: Rua Brigadeiro Newton Braga s/n, Jardim Amarais - Mogi das Cruzes/SP
*Duração: 1h30 *Entrada: gratuita

19.11 | 16h30 | Sarau das Pretas – SESC Consolação
Local: SESC Consolação - Área de convivência
Endereço: Rua Doutor Vila Nova, 245 – Vila Buarque/SP
*Duração: 2 horas *Entrada: gratuita

20.11 | Marcha Zumbi dos Palmares
As integrantes participarão da tradicional marcha que ocorre anualmente na cidade de São Paulo

26.11| 16h30 | Um canto para Noémia de Sousa – Balada Literária 2016
Local: Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Endereço: Rua Henrique Schaumann, 777 - Pinheiros/SP
*Duração: 1hora *Entrada: gratuita

26/11| 20h | Sarau de Realezas: Mulheres Negras e o Poder
Local: SESC Campo Limpo
Endereço: Rua Nossa Sra do Bom Conselho, 120 - Vila Prel – Campo Limpo/SP
*Duração: 1h30 *Entrada: gratuita

Serviço – Mais informações sobre os eventos podem ser obtidas no link: fb.me/saraudaspretasSP




Tópicos relacionados

DOSSIÊ 20 DE NOVEMBRO   /    Cultura   /    Negr@s

Comentários

Comentar