Cultura

CASA MARX LIVRARIA SP

Sarau Anticapitalista discute Manifesto da FIARI

Nessa edição, o Sarau na Casa Marx Livraria SP receberá Afonso Machado, que abrirá o debate sobre a importante tarefa histórica de reabilitar os laços políticos entre arte e revolução.

sábado 4 de agosto| Edição do dia

A Brava Companhia também fará parte da programação, que conta ainda com a exposição “Os abstratos na selva concreta” de Filipe Amorim.

No próximo dia 11, a Casa Marx Livraria SP será mais uma vez sede para o Sarau Anticapitalista, que nessa edição discutirá a atualidade do Manifesto por uma Arte Revolucionária e Independente, de André Breton e Leon Trotski. Celebrando os 80 anos do manifesto, Afonso Machado abrirá o sarau com a mesa “ Arte livre para a revolução e a revolução para liberdade da arte”, trazendo a tona a impossibilidade da arte revolucionária em tempos de golpe.

Leia Mais: O compromisso da arte revolucionária independente com a história

A Brava Companhia, grupo teatral paulista, que circulou recentemente no interior de SP com sua última temporada de “Este lado para cima, isto não é um espetáculo” traz para a programação do Sarau “O show do Pimpão”. Definido pela própria companhia como uma “intervenção cênica e cínica”, o enredo da esquete traz a tona como três miseráveis artistas se juntam para tentar arrecadar algum numerário que lhes garanta a refeição do dia e em tempos de crise, encontram no humor sua única forma de sobrevivência.

Nas paredes vamos conferir a exposição “Os abstratos na selva concreta” de Filipe Amorim. E como sempre, o Mic estará aberto para todos e todas trazerem suas poesias, canções, intervenções.

Confirme sua presença no evento aqui




Tópicos relacionados

Karl Marx   /    Casa Marx   /    Revolução   /    Arte   /    Marxismo   /    Agenda Cultural   /    Cultura

Comentários

Comentar